SAMF3: Jacarepagua foi palco da terceira rodada do campeonato

O circuito oval de Jacarepaguá foi palco da terceira rodada do campeonato sul americano de Fórmula 3. Vitor Meira, da equipe Amir Nasr, apesar de ter feito um bom treino na sexta largou em quarto, mas teve sorte e competência suficiente para...

O circuito oval de Jacarepaguá foi palco da terceira rodada do campeonato sul americano de Fórmula 3. Vitor Meira, da equipe Amir Nasr, apesar de ter feito um bom treino na sexta largou em quarto, mas teve sorte e competência suficiente para chegar na frente. Meira venceu a uma velocidade média de apenas 128,015 km/h devido as bandeiras amarelas. Duda Pamplona largou na pole, tendo Ricardo Sperafico ao seu lado e Alexandre Sperafico em terceiro, e fez a volta mais rápida da prova com 48,601 s, média de 222,218 km/h. O pelotão fez uma largada lançada, ao estilo da CART e ainda na reta as ultrapassagens começaram. Na chegada, a equipe Amir Nasr além de vencer ainda levou o terceiro e quarto lugares.

No meio da prova, Alexandre Sperafico foi tocado por trás por Mariano Altuna e rodou para a parte interna, enquanto o argentino saiu pela tangente e foi para o muro. Sperafico foi mais feliz porque o carro de Altuna ficou entre o seu carro e o muro, amortecendo o impacto. Nenhum dos dois pilotos ficou machucado e sairam andando do acidente. Altuna quaixou-se de dores no pescoço e foi encaminhado ao centro médico. Outra batida forte foi de Ianina Zanazi que causou uma prolongada bandeira amarela ao final da prova, garantindo a vitória de Meira. Os pilotos passam bem e deverão correr amanhã a quarta etapa, dependendo de haver carro disponível.

Durante a corrida houve uma troca constante de posições e duelos emocionantes principalmente entre Pamplona, Ebrahim e Ricardo Sperafico e Meira. Interessante foi observar a trajetória dos pilotos na pista que em plena reta desviavam da trajetória indo para a parte interna da pista, procurando dificultar o vácuo para o carro que vinha atrás. Houve piloto que até entrou na parte suja da pista, junto a mureta dos boxes para não dar vácuo fazendo com que a fila de carros serpenteasse pela reta.

"Eu não tinha o melhor carro e nem era o mais rápido na pista mas tive a sorte de estar no lugar certo na hora certa. Fui ganhando posições fazendo o jogo do vácuo. O vácuo aqui é uma coisa muito forte para a Fórmula 3" declarou Meira.

"Larguei bem mas perdi posições pelo vácuo. Meu carro não estava tão bom mas depois da bandeira amarela, na relargada começou a melhor. Então comecei a andar forte e se não fosse a última bandeira amarela eu certamente iria lutar pela vitória" comentou Pamplona.

"Sai lá atrás mas consegui progredir andando pelo vácuo. O carro estava bom e fiquei contente por fazer esse pódio" disse Moro.

A quarta etapa do campeonato deverá ser corrida amanhã de manhã e Wagner Ebrahim larga na pole.

Write a comment
Show comments
About this article
Series Other open wheel
Drivers Ricardo Sperafico , Vitor Meira , Duda Pamplona , Mariano Altuna