IRL: Giaffone preparado para desafio no concreto - oval de Nashville

IRL - Indy Racing League Harrah'S Indy 200 - GP De Nashville ( Tenessee ) Giaffone preparado para desafio na pista de concreto Oval de Nashville é o único da temporada que não tem pista asfaltada Estratégia de pits e economia de...

IRL - Indy Racing League
Harrah'S Indy 200 - GP De Nashville ( Tenessee )

Giaffone preparado para desafio na pista de concreto

Oval de Nashville é o único da temporada que não tem pista asfaltada Estratégia de pits e economia de combustível será a arma contra a potência dos motores Ilmor e Infiniti

E a IRL chega ao paraíso do country americano em clima de acirrada disputa. Confiante em sua estratégia de pista, o piloto da Hollywood Treadway, Felipe Giaffone chega nesta quinta-feira (dia 19) à Nashville, no Tenessee, para disputar no sábado às 21 horas, a Harrah's Indy 200 (9a etapa da Indy Racing League), na condição de terceiro colocado do campeonato ao lado do chileno Eliseo Salazar, com 217 pontos _ a categoria definiu que não há desempate para a terceira posição. O líder é o americano Sam Hornish Jr., com 309.

Mais preocupado em entrar na disputa pela vitória do que propriamente com sua posição no campeonato, Giaffone trabalha arduamente ao lado da empresa Comptech no desenvolvimento de seu motor Oldsmobile. "Precisamos de um pouco mais de potência para chegarmos ao nível dos motores Infiniti (Eddie Cheever Jr. e Robbie Buhl) e Ilmor (Scott Sharp e Mark Dismore). Para as duas últimas provas devo ter esta potência (estão me prometendo), mas antes disso espero vencer uma prova usando uma estratégia de economizar combustível para alongar os pitstops. Além disso a Treadway tem sido uma equipe bem rápida no trabalho dos pits", explica Felipe Giaffone.

Apesar de Sam Hornish Jr. estar bem à frente dos demais no campeonato, a disputa pela vitória tem sido cada vez mais equilibrada. Na última prova, por exemplo, Eddie Cheever só ficou aliviado depois de cruzar a quadriculada. Apenas 6 décimos de segundo depois, Sam Hornish também completava 200 voltas. Nas provas a liderança tem se alternado entre vários pilotos; Lazier, Cheever, Giaffone, Hornish, Sharp, Salazar, Daré e até Sarah Fisher. Todos eles provam o gostinho de estar na frente a cada final de semana em que os indy entram na pista.

Em Nashville um outro fator pode decidir essa disputa: o concreto. Isso mesmo, os 2.14 km da pista são feitos do mais puro e nobre concreto e, segundo Giaffone, isso dificulta ainda mais a busca de um acerto ideal para a prova. "Nos testes em Nashville tivemos muita dificuldade em fazer o carro ficar no trilho, pois ele estava duro demais e escorregava muito, mas agora já sei que os amortecedores tem que estar bem moles e o acerto é bem parecido com o de Homestead", revela Giaffone. A julgar belo belo desempenho de Giaffone em Homestead, quando ele foi o 4o , dá para o piloto ficar bem confiante. O novo oval de Nashville é a única pista de concreto que este ano está recebendo prova de carros do tipo fórmula. Para os pilotos, o xis da questão no speedway do Tenessee será como dar estabilidade ao carro, garantindo que com isso a perda de velocidade não seja fator prejudicial no desempenho.

Para o piloto da Hollywood Treadway _ que em oito provas ficou sete vezes entre os top ten (dez primeiros) _ isso representa um desafio. "Não sabemos o que vai acontecer , porque além da pista ser nova ela tem muita ondulação, então penso que as ultrapassagens durante a prova vão ser mais complicadas do que já seria numa pista asfaltada", prevê.

Dificuldades à parte, o ótimo desempenho de Giaffone na Indy Racing League já começa a ser um atrativo para outros pilotos brasileiros e pilotos europeus que este ano estão nas chamadas categorias de acesso à Fórmula 1 (F-Renault, F-3000 Européia, F-3000 Intercontinental). "Mesmo achando que ainda vai levar dois anos para o pessoal perceber que a IRL é forte e muito interessante, gosto muito da idéia de termos outros brasileiros por aqui. Quanto mais mercado melhor. Hoje em dia é impossível a F1 e a CART absorverem todos os pilotos de ponta que existem no mercado", analisa Giaffone.

Como Nashville é uma pista nova, cheia de desafios e os treinos mostraram muito equilíbrio, pode-se dizer que a princípio não há favoritos para a nona etapa da IRL, que acontece a 150 km de Memphis, terra do mito Elvis Presley.

<pre> Programação do final de semana da 9a etapa da IRL (já no horário de Brasília):

5a feira, 19 de julho: 1a Sessão de treinos livres - 19h às 20:30h 2a Sessão de treinos livres - 21:30h às 23h

6a feira, 20 de julho: 3a Sessão de treinos livres - 16:30h às 17:30h Qualifying (Treino para formação do grid de largada) - 18:45h às 20h Warm up (Treino de aquecimento) - 22h às 22:30h

Sábado, 21 de julho: Formação do grid - 20h Largada para as 200 voltas do GP de Nashville - 21h (previsão de duas horas de prova) Pódio da 9a etapa da IRL - 23h

Classificação Geral e Oficial da Indy Racing League após 8 das 13 etapas:

1. - Sam Hornish Jr. - 309 2. - Buddy Lazier - 249 3. - Felipe pontos. Giaffone e Eliseo Salazar - 217 5. - Scott Sharp - 214 6. - pontos. Billy Boat - 181 7. - Eddie Cheever Jr. - 158 8. - Airton Daré - pontos. 157 9. - Buzz Calkins - 156 10. - Jeff Ward - 144 pontos.

Classificação Oficial do Rookie of the Year (Calouro do Ano) na IRL:

1. - Felipe Giaffone - 217 pontos. 2. - Didier Andre - 110 pontos. 3. - Helio Castro Neves - 64 pontos 4. - Billy Roe - 45 pontos. 5. - Brandon Erwin - 40 pontos.

-In Press Assessoria de Comunicação

Write a comment
Show comments
About this article
Series IndyCar
Drivers Buzz Calkins , Sarah Fisher , Felipe Giaffone , Eddie Cheever , Robbie Buhl , Eliseo Salazar , Buddy Lazier , Jeff Ward , Didier André , Scott Sharp , Billy Boat , Airton Daré , Billy Roe , Sam Hornish Jr. , Sam Hornis