IRL: Brasileiros se chocam em Richmond

Brasileiros se envolvem em acidente em Richmond Após assistir às imagens do choque, Giaffone garante que Daré perdeu a traseira e não evitou que seu pneu dianteiro se chocasse contra o carro da Hollywood Buddy Lazier voa na pista novamente...

Brasileiros se envolvem em acidente em Richmond

Após assistir às imagens do choque, Giaffone garante que Daré perdeu a traseira e não evitou que seu pneu dianteiro se chocasse contra o carro da Hollywood

Buddy Lazier voa na pista novamente e vence de forma fantástica

O GP de Richmond para o Brasil praticamente terminou na volta 182, quando os únicos brasileiros da categoria, Felipe Giaffone e Airton Daré se chocaram na curva dois, graças a um erro do piloto do Team Xtreme (conforme imagem da ABC). Daré abandonou a prova e Giaffone ainda voltou para os boxes, teve o carro milagrosamente acertado pela equipe e conseguiu terminar na 11o lugar, marcando 19 pontos. Buddy Lazier venceu pela segunda vez consecutiva uma prova da IRL, desta vez de forma irrepreensível, sendo de 6 a 7 km/h mais rápido do que todos os outros carros nas primeiras 150 das 250 voltas. Sam Hornish Jr. foi o segundo e disparou no campeonato. Al Unser Jr. completou o pódio americano.

"Acabo de assistir às imagens do acidente em todos os ângulos. Ficou claro que Daré perdeu o controle da traseira e ao tentar consertar, atingiu sua roda dianteira direita em minha lateral esquerda. Os próprios comentaristas da rede de tv americana ABC disseram que eu dei espaço para que ele passasse mas que no entanto ele veio ara cima de mim", assegura o piloto da Hollywood Treadway se referindo ao momento que decidiu a prova para os dois brasileiros. Usando estratégias diferentes _ Giaffone e outros três ponteiros haviam antecipado o seu pitstop _ Daré se aproximava de Giaffone tentando colocar aquilo que poderia ser uma volta. "Eu não queria segurar ele, tanto que mantive minha trajetória, dando espaço para que ele passasse", afirma Giaffone, que estava na mesma velocidade de Daré no momento do choque. Esta foi a primeira vez que os amigos Felipe Giaffone e Airton Daré se chocaram numa corrida de monoposto. "Vou falar com ele e acho que não teremos nenhum tipo de problema daqui pra frente. Acho que se ele assistir ao vídeo vai concordar comigo. O importante é que ele não teve a intenção em me atingir", acredita Giaffone.

Por sua vez, Airton Daré não tem uma explicação definitiva para o incidente. No release divulgado pela IRL ele diz que "eu apenas estava na minha linha e com o carro rápido, quando de repente vi os pneus de Giaffone se chocarem com os meus. Acho que foi apenas falta de sorte da minha parte", conclui o piloto do Team Xtreme.

Além do choque entre Giaffone e Daré o GP de Richmond teve outro entre Cheever e Salazar que os tirou da prova a 50 voltas do final. Desde o início o GP de Richmond foi muito confuso, com muitos acidentes (nenhum com gravidade), 11 bandeiras e trocas de posições da 2a a 7a colocação. Giaffone largou muito bem e da oitava já pulava para a terceira colocação na volta 60, após um eficiente pitstop da Hollywood Treadway. Mas o segundo set up do brasileiro não lhe permitiu manter o ritmo e ele caiu para a 6a colocação, atrás de Daré, Cheever e Salazar. Enquanto isso, lá na frente, Buddy Lazier voava livrando vantagem sobre Sam Hornish Jr, que com a segunda colocação livra uma vantagem muito grande sobre o segundo, que agora é Buddy Lazier.

Para Felipe Giaffone o grande objetivo nas últimas seis provas da temporada passa a ser obter a primeira vitória de um brasileiro na temporada regular da IRL. "Estou focado apenas em chegar a vitória e sei que estou muito perto dela", conta o piloto da Hollywood Treadway. E ainda que ninguém tenha tido culpa no acidente, a inscrição "Keep Your Distance" ("Mantenha Distância") poderia ser colocada no aerofólio do carro de Giaffone na próxima corrida, a exemplo do que já fez a equipe Williams da Fórmula 1.

<pre>

Classificação oficial da SunTrust Indy Challenge - GP de Richmond (250 voltas): 1o - Buddy Lazier 250 voltas 2o - Sam Hornish Jr. a 4.88 Seg. 3o - Al Unser Jr. a 5.13Seg. 4o - Didier André a 14.43Seg. 5o - Scott Sharp a 1 volta 6o - Mark Dismore a 1 volta 7o - Donnie Beechler a 3 voltas 8o - Jeff Ward a 3 voltas 9o - Robbie Buhl a 3 voltas 10o - Buzz Calkins a 11 voltas 11o - Felipe Giaffone a 35 voltas 12o - Eliseo Salazar a 37 voltas 13o - Eddie Cheever a 37 voltas 14o - Shigeaki Hattori a 51 voltas 15o - Airton Daré a 68 voltas

Classificação Geral e Oficial da Indy Racing League após 7 das 13 etapas: 1o - Sam Hornish Jr. - 269 pontos. 2o - Buddy Lazier - 219 pontos. 3o - Scott Sharp - 201 pontos. 4o - Eliseo Salazar - 191 pontos 5o - Felipe Giaffone - 185 pontos 6o - Billy Boat - 159 pontos 7o - Jeff Ward - 144 pontos 8o - Buzz Calkins - 139 pontos 9o - Airton Daré - 129 pontos 10o - Al Unser Jr. - 127 pontos

Classificação Oficial do Rookie of the Year (Calouro do Ano) na IRL: 1o - Felipe Giaffone - 185 pontos 2o - Didier André - 96 pontos 3o - Helio Castro Neves - 64 pontos 4o - Brandon Erwin - 40 pontos 5o - Casey Mears - 36 pontos

8a Etapa da Indy Racing League - Ameristar Indy 200 ( GP de Kansas City ), domingo, dia 8 de julho às 14 horas de Brasília.

-AP

Write a comment
Show comments
About this article
Series IndyCar
Drivers Buzz Calkins , Felipe Giaffone , Eddie Cheever , Al Unser Jr. , Casey Mears , Robbie Buhl , Shigeaki Hattori , Eliseo Salazar , Buddy Lazier , Jeff Ward , Didier André , Scott Sharp , Billy Boat , Airton Daré , Mark Dismore , Brandon Erwin , Donnie Beechler , Sam Hornish Jr. , Sam Hornis
Teams Williams , Team Xtreme