CHAMPCAR/CART: Problema mec?nico tira Christian Fittipaldi do GP do M?xico

Problema mecânico tira Christian Fittipaldi do GP do México (Cidade do México) Um problema mecânico nas últimas voltas do Grande Prêmio do México - última etapa da CART 2002, disputado neste domingo no autódromo Hermanos Rodríguez - ...

Problema mecânico tira Christian Fittipaldi do GP do México

(Cidade do México) Um problema mecânico nas últimas voltas do Grande Prêmio do México - última etapa da CART 2002, disputado neste domingo no autódromo Hermanos Rodríguez - tirou a chance de um melhor resultado do piloto Christian Fittipaldi, Newman Haas, na prova. O brasileiro foi obrigado a abandonar a disputa na volta 67. Ou seja, a seis giros do final da corrida. Na classificação geral, Christian ficou com a 15a colocação.

A vitória na Cidade do México ficou com o sueco Kenny Brack, da Ganassi. O campeão Cristiano da Matta, companheiro de Christian na Newman Haas, ficou com o segundo lugar depois de largar da 12a colocação. Completando o pódio azteca, Bruno Junqueira (também da equipe Ganassi) foi o terceiro colocado.

Apesar de sair do México sem marcar pontos, Christian Fittipaldi garantiu a quinta posição no campeonato com 122 pontos ganhos. É sua melhor posição em campeonatos desde 1996 quando Christian, também, terminou o certame no quinto lugar.

O GP do México marcou a despedida de Christian Fittipaldi da CART. A partir de 2003, o piloto brasileiro defenderá a equipe Petty Racing - uma das mais tradicionais da NASCAR, a categoria de automobilismo mais importante e popular dos Estados Unidos. Christian será o primeiro piloto brasileiro a disputar a competição.

Confira o resultado final no México:

1) Kenny Brack (Ganassi)
2) Cristiano da Matta (Newman Haas)
3) Bruno Junqueira (Ganassi)
4) Patrick Carpentier (Forsythe)
5) Dario Franchitti (Green)
6) Tora Takagi (Walker)
7) Scott Dixon (Ganassi)
8) Tony Kanaan (Mo Nunn)
9) Oriol Serviá (PWR)
10) Alex Tagliani (Forsythe)
11) Jimmy Vasser (Rahal)
12) Andre Lotterer (Fernandez)
13) Michel Jourdain Jr (Rahal)
14) Shinji Nakano (Fernandez)

Abandonaram:
15) Christian Fittipaldi (Newman Haas)
16) Paul Tracy (Green)
17) Michael Andretti (Green)
18) Mario Dominguez (Bettenhausen)
19) Luiz Diaz (Fernandez)

Christian Fittipaldi na CART

O Grande Prêmio do México marcou a 124a corrida de Christian Fittipaldi na CART. Além de ser a última, pois em 2003 o piloto brasileiro estará defendendo a equipe Petty Racing na NASCAR - mais importante categoria de automobilismo dos EUA.

Em oito temporadas completas na categoria, Christian alcançou duas vitórias (Elkhart Lake 1999 e Fontana 2000); uma pole-position (Rio de Janeiro 1999); 5 segundos lugares; 13 terceiros lugares; 6 quartos lugares e mais 8 quintos lugares. Somou 671 pontos.

Sua estréia na categoria aconteceu em 1995, na etapa de Miami, quando largou na sétima colocação e completou a disputa em quinto lugar. Christian defendeu apenas duas equipes na CART: a Walker Racing no seu primeiro ano e a Newman Haas - time atual.

Neste ano, Christian Fittipaldi acumulou 122 pontos (a sua maior pontuação na categoria) e ficou com a quinta posição na tabela de classificação, igualando seu melhor resultado em campeonato (1996). O brasileiro, em 2002, teve como melhor desempenho 3 segundos lugares conquistados em Laguna Seca, Mid-Ohio e Miami.

"Eu penso que cheguei em um ponto em minha carreira de piloto onde as coisas mudaram um pouco. E, agora, estou ansioso para enfrentar um novo desafio. Na vida, não há uma situação perfeita. Tudo gira em torno de você ceder de um lado e receber de outro, buscando o equilíbrio. E a melhor coisa que você fazer é buscar o melhor ponto de equilíbrio", declarou Christian Fittipaldi.

-re-

Write a comment
Show comments
About this article
Series IndyCar
Drivers Andre Lotterer , Michael Andretti , Jimmy Vasser , Bruno Junqueira , Patrick Carpentier , Alex Tagliani , Christian Fittipaldi , Paul Tracy , Dario Franchitti , Scott Dixon , Tony Kanaan , Oriol Servia , Tora Takagi , Shinji Nakano , Kenny Brack , Mario Dominguez , Cristiano da Matta , Michel Jourdain , Mo Nunn