CHAMPCAR/CART: Helinho prev? dificuldades

Newsgroups: rec.autos.sport.info Organization: MNI - Motorsport News International Approved: jackd@motorsport.com From: Motorsport News International <press@motorsport.com> Followup-To: rec.autos.sport.indy Date: Fri, 29 Jan 1999 14:11:45 ...

Newsgroups: rec.autos.sport.info Organization: MNI - Motorsport News International Approved: jackd@motorsport.com From: Motorsport News International <press@motorsport.com> Followup-To: rec.autos.sport.indy Date: Fri, 29 Jan 1999 14:11:45 -0200

Marc Zimmermann - Motorsport News International

Em seu primeiro treino com o Lola-Mercedes, Helio Castro Neves já viu a dificuldade que terá em 99.

"O carro é mais pesado (volante) e nas freadas das curvas, escorrega demais. No final da curva ele demora para sentar na pista para eu poder acelerar" comentou Helinho, após o seu primeiro teste com o novo Lola-Mercedes.

Helinho marcou 51s5 em Sebring, contra 50s4 do mexicano Adrian Fernandez, com Swift-Ford da Patrick Racing.

O recorde era de Christian Fittipaldi, também com o Swift, e parece que a Swift finalmente acertou no chassi e promete ser uma das favoritas ao título em 99. Michael Andretti já virou 50s7 e Christian Fittipaldi 50s5 no circuito de Sebring.

O desempenho do Swift já faz até Carl Hogan pensar em trocar de carro e comprar o modelo produzido por Carl Haas. "Ele está disposto a ganhar", comentou o brasileiro. Mas Hogan dará um crédito de confiança à Lola, que refez o fracassado chassi dos dois últimos anos e já mostrou progressos nos circuitos ovais. "Tudo indica que, nos ovais, o carro é competitivo", afirmou Hélio. "Felizmente, a primeira metade da temporada tem mais pistas deste tipo e vamos ganhar tempo para acertar o Lola nos mistos." A equipe terá um orçamento de US$ 9 milhões, além de status de equipe de fábrica e três chassis Lola.

Os brasileiros Gil de Ferran e Cristiano da Matta também testaram em Sebring, mas não passaram de 51s5, mesmo tempo do americano Scott Pruett, com o Reynard-Toyota da Arciero. O americano Jimmy Vasser e o colombiano Juan Pablo Montoya andaram rápido, marcando 50s7, ao volante do Reynard-Honda da equipe tricampeã, a Ganassi. Os treinos prosseguem amanhã, e depois, as equipes transportam os carros de volta às fábricas para os últimos acertos para o Spring Training, teste coletivo de pré-temporada, de terça a quinta-feira, no oval de Homestead, em Miami.

Write a comment
Show comments
About this article
Series IndyCar
Drivers Juan Pablo Montoya