Fittipaldi testou em Talladega

(Atlanta, EUA) Christian Fittipaldi, da equipe Petty Enterprises da NASCAR, completou uma sessão de três dias de testes no circuito oval de Talladega, no Alabama, visando a etapa de Daytona da ARCA e também a prova de abertuta da temporada da...

(Atlanta, EUA) Christian Fittipaldi, da equipe Petty Enterprises da NASCAR, completou uma sessão de três dias de testes no circuito oval de Talladega, no Alabama, visando a etapa de Daytona da ARCA e também a prova de abertuta da temporada da Winston Cup na mesma pista no mês que vem. Para tanto, Fittipaldi treinou com um Dodge Intrepid da Petty na segunda-feira e - já a partir de terça-feira - pilotou um Chevrolet da equipe Andy Petree com a qual disputará a Daytona 500.

Foi a primeira experiência de Christian no traçado ovalado de Talladega com 2,66 milhas de extensão. "O lugar é enorme", disse brasileiro assim que chegou no autódromo. "Parece até maior que Indianápolis. Mal posso esperar para competir aqui e ver essas arquibancadas lotadas", completou o piloto que completou 32 anos na semana passada.

Fittipaldi está inscrito para correr na Discount Auto Parts 200 pela ARCA Series no dia 08 de fevereiro, no famoso tri-oval de Daytona. A ARCA é uma subdivisão da NASCAR que utiliza os mesmos carros da Winston Cup mas com diferenças na preparação dos motores e, também, com outra marca de pneus. "Estou pegando a mão desses carros o que me deixa muito confiante", disse Christian.

Daytona 500

Christian trabalhou também com a equipe Andy Petree com a qual firmou contrato para participar, apenas, das 500 Milhas de Daytona - a prova de abertura do calendário da NASCAR Winston Cup nos Estados Unidos, marcada para o dia 16 de fevereiro próximo. Testando com um Chevrolet Monte Carlo, o brasileiro conseguiu ser o mais veloz da última terça-feira com uma velocidade média de 183.561 mph. Ao final dos testes na pista, entre todos os pilotos, Fittipaldi foi o sexto mais veloz no geral.

"Trouxemos dois carros para cá e nosso objetivo foi definir qual deles estava melhor para ser o titular e qual deles seria o meu reserva", declarou o brasileiro. "A diferença foi mínima, mas um estava definitivamente mais acertado e eu o usarei nos treinos classificatórios", continuou. "Agora, espero não precisar do reserva", finalizou brincando Fittipaldi.

Em Daytona, também, Christian Fittipaldi irá competir na prova de longa duração (24 Horas de Daytona), que acontece entre os dias 01 e 02 de fevereiro, com um protótipo JE4 da Bell Motorsports.

-re-

Be part of something big

Write a comment
Show comments
About this article
Series Monster Energy NASCAR Cup
Drivers Christian Fittipaldi , Andy Petree