IRL: Giaffone ? oitavo no Kentucky

IRL - INDY RACING LEAGUE BELTERRA RESORT INDY 300 - GP DO KENTUCKY Giaffone fica em 8o numa corrida cheia de emoções Piloto da Hollywood Treadway mantém quarto lugar no campeonato Buddy Lazier vence de forma sensacional e faz a impressionante...

IRL - INDY RACING LEAGUE BELTERRA RESORT INDY 300 - GP DO KENTUCKY

Giaffone fica em 8o numa corrida cheia de emoções Piloto da Hollywood Treadway mantém quarto lugar no campeonato Buddy Lazier vence de forma sensacional e faz a impressionante marca de quatro vitórias nas últimas cinco etapas

Sparta (Kentucky) _ O melhor brasileiro no GP do Kentucky tirou tudo o que foi possível de seu carro neste final de semana e terminou entre os 10 primeiros no GP do Kentucky, 10a etapa da IRL realizada hoje (domingo), chegando na 8a colocação. O vencedor foi o atual campeão da IRL, o americano Buddy Lazier, após disputas fantásticas pela liderança. É a quarta vitória do impressionante Lazier nas últimas cinco provas. Scott Sharp, que largou na pole e liderou até a metade das 200 voltas terminou em 2o e Sam Hornish Jr. completou o pódio, ficando em 3o .

"Nesta pista não tive um acerto ideal que me permitisse ter a potência suficiente para andar junto com os líderes. Faltou motor, mesmo assim mexi muito no carro e consegui ser muito rápido em dois dos setups de corrida. É claro que 8o lugar não me agrada mas tenho que pensar daqui pra frente, St. Louis é uma pista onde eu tenho tudo para ser o mais rápido entre todos os pilotos. Vou me recuperar por lá", afirma o piloto da Hollywood Treadway, Felipe Giaffone, que mantém a 4a posição no campeonato, agora com 265 pontos, 21 atrás do terceiro colocado Scott Sharp. O Outro brasileiro, Airton Daré, teve problemas mecânicos e abandonou a prova antes da metade, chegando apenas na 20a posição.

A briga pelo título ficou ainda mais acirrada uma vez que Buddy Lazier reduziu de 40 para 25 pontos a distância que o separa do líder do campeonato, o jovem talento Sam Hornish Jr. Giaffone, ainda acredita no terceiro lugar, mas prefere se concentrar no objetivo da vitória. "Ficou difícil mas não impossível brigar pelo terceiro, mas prefiro pensar é que luto pela primeira vitória do Brasil na IRL. Vou fazer de tudo para consegui-la nas últimas três provas deste ano", afirma o piloto brasileiro que em 2001 está fazendo o Brasil ver que existe algo de forte no automobilismo além da F-1 e da CART _ o equilíbrio entre os pilotos e o nível técnico da categoria é maior a cada final de semana.

Mas se o GP do Kentucky não foi muito bom para os brasileiros, foi fantástico para o público de 45 mil espectadores que lotou o oval de Sparta. Desde o início Sharp, Hornish, Lazier e Robbie Buhl lutaram pela ponta curva a curva. A maior consistência, experiência e talento do piloto da Hemelgarn prevaleceram ao final de 1 hora e 42 minutos de prova. Lazier e Robbie Buhl disputaram as últimas dez voltas de forma alucinante e a corrida só foi decidida porque Buhl foi comunicado via rádio na volta 196 que teria que cumprir uma punição por um pitstop irregular (vazou combustível em excesso no reabastecimento). Lazier cruzou a quadriculada em primeiro com os punhos erguidos, vibrando muito no cockpit.

Para o brasileiro Giaffone, a prova foi uma constante luta para manter o carro entre os 10 primeiros. Das 10 pistas da temporada em que correu até o momento, esta foi a que o brasileiro menos teve o carro em suas mãos. "No final só não cheguei em 7o porque fui atrapalhado por um retardatário e o Hattori (Shigeaki) me passou sem que eu nada pudesse fazer", explica o piloto da Hollywood Treadway. Para o piloto brasileiro os problemas de acerto e as características do chassi G-Force não o permitiram fazer ultrapassagens nos momentos decisivos. "No trafégo estava quase impossível fazer ultrapassagens e o chassis G-Force também não se adaptou bem a esta pista. Para St. Louis (11a etapa do campeonato, dia 26 de agosto) será outra história, tenho certeza", conclui o piloto da Hollywood Treadway.

Faltando três etapas para encerrar o campeonato, Felipe Giaffone praticamente garantiu o título de Rookie of The Year (Estreante do Ano), tendo 146 pontos à frente do segundo colocado, o francês Didier André. Essa diferença só poderia ser tirada se André vencesse as últimas três provas e Giaffone não ficasse nem entre os 20 primeiros em duas delas. Como o brasileiro tem, ao lado de Hornish Jr., a melhor média entre os top ten, chegando 9 vezes entre os dez primeiros em 10 provas, fica bem improvável a façanha do piloto da Galles Racing.

Na disputa pelo título os 25 pontos que separam Hornish (374) para Lazier (349) são difíceis mas não improváveis de serem tirados, mas ainda se considerarmos o curioso fato de que Lazier já venceu quatro provas, contra apenas duas de Hornish Jr. em toda a temporada. Os próximos capítulos desse duelo prometem ser de tirar o fôlego, assim como a luta dos brasileiros Giaffone (estes com mais chances) e Daré pela primeira vitória do Brasil na IRL. E o Brasil vai acompanhar cada detalhe sintonizando o canal SPORTV. <pre>

Resultado Oficial da Belterra Resort Indy 300 - GP do Kentucky:

1o - Buddy Lazier (Hemelgarn Racing) - 1h.42min.54.593 2o - Scott Sharp (Delphi Kelley Racing) - 1h.42min.56.175 3o - Sam Hornish Jr. (Panther Racing) - 1h.42min.58.865 4o - Al Unser Jr. (Galles Racing) - 1h.42min.59.262 5o - Donnie Beechler (A J Foyt Racing) - 1h.43min.00.802 6o - Billy Boat (CURB Records Racing) - 1h.43min.05.625 7o - Shigeaki Hattori (EPSON) - 1h.43min.06.304 8o - Felipe Giaffone (Hollywood Treadway)- 1h.43min.06.384 9o - Robbie Buhl (Heritage Motosports) - a 1 volta 10o - Jeff Ward (Heritage Motorsports) - a 1 volta 20o - Airton Daré (Team Xtreme) - a 98 voltas.

Classificação Geral e Oficial da Indy Racing League após 10 das 13 etapas:

1o - Sam Hornish Jr.                    - 374 pontos.
2o - Buddy Lazier                       - 349 pontos.
3o - Scott Sharp                        - 286 pontos.
4o - Felipe Giaffone                    - 265 pontos.
5o - Eliseo Salazar                     - 251 pontos.
6o - Billy Boat                         - 249 pontos.
7o - Buzz Calkins                       - 192 pontos.
8o - Al Unser Jr.                       - 185 pontos.
9o - Eddie Cheever Jr.                  - 182 pontos.
10o - Airton Daré                       - 180 pontos.
11o - Shigeaki Hattori                  - 177 pontos.
12o - Jeff Ward                         - 174 pontos.
13o - Greg Ray                          - 169 pontos.
14o - Robbie Buhl                       - 164 pontos.
15o - Sarah Fisher                      - 158 pontos.

Classificação do Rookie of the Year (Estreante do Ano na IRL):

1o - Felipe Giaffone              - 245 pontos.
2o - Didier André                 - 138 pontos.
3o - Billy Roe                    -  79 pontos.
4o - Helio Castro Neves           -  64 pontos.
5o - Brandon Erwin                -  40 pontos.

Próxima etapa: Gateway International Indy 250 - GP de St. Louis, 11a etapa da IRL Domingo, dia 26 de agosto, largada às 16 horas de Brasília.

-PAC

Be part of something big

Write a comment
Show comments
About this article
Series IndyCar
Drivers Buzz Calkins , Sarah Fisher , Greg Ray , Felipe Giaffone , Eddie Cheever , Al Unser Jr. , Robbie Buhl , Shigeaki Hattori , Eliseo Salazar , Buddy Lazier , Jeff Ward , Didier André , Scott Sharp , Billy Boat , Airton Daré , Brandon Erwin , Donnie Beechler , Billy Roe , Sam Hornish Jr.
Teams Team Xtreme , Panther Racing