Chico Serra Termina o ano na Frente em Interlagos

Chico Serra (Texaco) não quis saber se estava ou não com o título garantido e venceu de ponta a ponta a 12.ª e última etapa do Campeonato Brasileiro Stock Car V8, neste domingo (18/11), no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, zona sul...

Chico Serra (Texaco) não quis saber se estava ou não com o título garantido e venceu de ponta a ponta a 12.ª e última etapa do Campeonato Brasileiro Stock Car V8, neste domingo (18/11), no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, zona sul de São Paulo. O piloto paulista definiu como“ perfeito” um fim-de-semana que conseguiu os melhores resultados: no sábado, marcou a pole position e o recorde da Stock Car V8 em Interlagos; no domingo, conseguiu o melhor tempo no warmup, a melhor volta da corrida e a vitória, depois de 40min50s272, em 22 voltas.“ Foi um ano fantástico. O carro estava perfeito e o trabalho da equipe foi fundamental”, disse o tricampeão brasileiro da Stock após a prova.“ Só tenho que agradecer a equipe Texaco e ao Washington Bezerra (chefe de equipe) pela excelente temporada. Todo o mérito deste título é da equipe”, ressalta Chico Serra, que terminou o campeonato com 167 pontos. Na segunda posição da corrida chegou o paranense David Muffato, seguido por Ingo Hoffmann, que garantiu o vice-campeonato.

A corrida começou bastante agitada. Chico Serra manteve a liderança, seguido de perto por Beto Giorgi. Logo na primeira volta, Tom Stefani rodou e forçou a entrada do safety car na pista. Na relargada, Giorgi continuou a pressionar Chico Serra, que aos poucos conseguiu aumentar a diferença. Na volta de número 9 o safety car teve de voltar à pista por causa de uma escapada de Xandy Negrão no final da reta principal— as chances do vice de Xandy acabaram naquele momento. Os boxes abriram na 10.ª volta e a maioria dos carros entraram para o reabastecimento obrigatório. Cinco voltas depois foi a vez de Beto Giorgi perder o vice-campeonato ao bater com Raul Boesel no final da reta oposta abrindo caminho para o vice de Ingo Hoffmann, que vez uma corrida racional e terminou em terceiro.

Quem conseguiu um excelente segundo lugar foi David Muffato.“ Me adaptei muito ao carro durante o ano e aos poucos fui sentindo que chegar na frente era questão de tempo”, diz o paranaense.“ Terminar o campeonato chegando na frente, junto com feras como o Chico e o Ingo foi um prêmio. Estou muito contente com o resultado”, finalizou Muffato. O vice-campeão Ingo Hoffmann ressaltou as qualidades dos jovens pilotos.“ A entrada desses pilotos só ajuda a categoria. Eles são bastante competitivos e o espetáculo fica ainda melhor.” Ingo, 11 vezes campeão da Stock Car, também elogiou o trabalho da equipe Texaco este ano.“ Durante toda a temporada deu para perceber que o carro do Chico estava muito bom. Além disso, conquistar o tricampeonato em uma categoria competitiva como é a Stock não é para qualquer um. O Chico e a equipe estão de parabéns.”

Para a temporada 2002, a categoria deve ficar ainda mais atraente. Pela primeira vez nos últimos anos os carros não sofrerão nenhuma mudança radical, como foi a adoção do chassi tubular (em 2000) e dos motores V8 (em 2001). As mudanças se restringem a utilização do câmbio seqüencial e de um extrator de ar traseiro maior, como o do projeto original. Treinos coletivos também estão agendados para o início de 2002, mas sem pista definida.“ Pela primeira vez vamos começar uma temporada da mesma maneira que terminamos essa. Assim, o domínio sobre o carro será maior e vamos partir para a conquista do tetracampeonato”, explica Chico Serra.

12.ª etapa da Stock Car V8– Interlagos (SP)
Os 10 primeiros:
1.°) Chico Serra (SP)– 22 voltas em 40min50s272
2.°) David Muffato (PR)– a 3s220
3.°) Ingo Hoffmann (SP) - a 5s644
4.°) Antônio Jorge Neto (SP)– a 7s565
5.°) Carlos Alves (SP)– a 11s488
6.°) Guto Negrão (SP)– a 12s969
7.°) André Giaffone (SP)– a 15s460
8.°) Ricardo Etchenique (SP)– a 16s713
9.°) Duda Pamplona (RJ)– a 18s215
10.°) Nonô Figueiredo (SP)– a 21s561

Pontuação final da Stock Car V8— temporada 2001
Após 12 etapas:
1.°) Chico Serra (SP), com 167 pontos (campeão)
2.°) Ingo Hoffmann (SP), 118
3.°) Beto Giorgi (SP), 97
4.°) Xandy Negrão (SP), 87
5.°) Antônio Jorge neto (SP), 57
6.°) Paulo Gomes (SP), 56
7.°) David Muffato (PR), 53
8.°) Carlos Alves (SP), 47
9.°) Nonô Figueiredo (SP) 46
10.°) Raul Boesel (PR), com 40 pontos

-www.pitstop.com

Be part of something big

Write a comment
Show comments
About this article
Series General
Drivers Raul Boesel , Chico Serra , Alexandre Funari "Xandy" Negrao , Ingo Hoffmann , Ricardo Etchenique , Paulo Gomes , Nono Figueiredo , Duda Pamplona